sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Sempre é possível melhorar

Conversávamos sobre isso na quarta passada: sempre é possível melhorar. Tudo. A nós mesmos, o ambiente, o nosso trabalho, o acabamento de uma peça...
Hoje visitei o Planeta Sustentável e li a matéria sobre os pedala-boys (ou bike-couriers, se preferir). Sabe que eu nunca tinha pensado conscientemente nisso? Toda vez que preciso de um courier (por sorte são poucas!) eu chamo um moto-boy. E isso apesar de saber que uma moto poliu sete vezes mais que um carro... Por que nunca pensei num bike-courier? Sei lá... Novidade não é, já ouvia falar deles há mais de 5 anos atrás na Rádio Eldorado (aliás, alguém sabe me dizer se o programa Bike Repórter, na época com a Renata Falzoni, voltou? Saudades... Gostava muito!).
Lembrarei deles na próxima: mais um jeito de diminuir as emissões de carbono e de poder respirar (mais) aliviada.

2 comentários:

Anônimo disse...

Boas,
só pra complementar: dependendo da comparação que vc fizer, motos poluem 20x mais que carros...(!): motos velhas x carros modernos com injeção e catalisador. Agora (de poucos anos pra cá) começam a ser fabricadas motos com injeção eletrônica e catalisador. Devagar a legislação se moderniza, mas ainda demora até que a frota de moto-boys esteja em nível comparável em termos de emissão.
Taubrós!?

isaBela araújo silvA disse...

antes tarde do que nunca elena. vem pra cá pra gente abrir um empresa com os bikes-man que aqui não existe isso.